Liceu Pasteur - Ensino Médio, Fundamental e Infantil

Notícias / Reportagens

Voltar
Reportagens - 13/12/2017

II Festival de Cinema François Truffaut

Liceu Pasteur realiza a segunda edição do Festival de Cinema François Truffaut, que é resultado de projeto que faz da arte cinematográfica uma ferramenta de ensino

Pelo segundo ano, o Liceu Pasteur realizou o Festival de Cinema François Truffaut, que é o resultado de um projeto que tem como objetivo levar aos alunos a oportunidade de conhecer um pouco mais do universo do Cinema por meio de oficinas e produção de filmes. Todo o trabalho é coordenado pelo professor Alexandre, que, além de lecionar Geografia, é cineasta e trouxe para dentro do Liceu esse novo conceito que, cada vez mais, ganha novos adeptos entre os estudantes e mostra como é possível inovar no ambiente escolar.

Os alunos que decidem participar do projeto formam grupos de trabalho e passam a integrar as oficinas que acontecem às segundas-feiras. Durante os encontros, eles aprendem as técnicas de captação de imagem, elaboração de roteiros e edição, entre outras peculiaridades do mundo cinematográfico. Por trás dos ensinamentos voltados à elaboração dos filmes estão muitas informações e conhecimentos que certamente serão úteis aos alunos, principalmente em sua vida profissional. 

  “Temos visto uma reforma do Ensino Médio brasileiro e é importante atentar para o que acontece em outros países. Argentina e Estados Unidos, por exemplo, já colocam o Cinema dentro de programas extracurriculares e no cronograma regular dos alunos. A Arte pode, e deve, ser sempre instrumento da Educação. Ao participar de atividades como esta, os alunos acabam colocando na bagagem intelectual diferenciais que serão reconhecidos inclusive no mercado de trabalho”, acentua o professor Alexandre.
 
Neste ano, o início dos trabalhos teve início com cinco grupos. E dois deles chegaram à reta final, que tem como ponto alto a exibição das produções no Festival de Cinema François Truffaut, que aconteceu no último dia 25 de novembro, na sala Multimídia do Liceu Pasteur. No evento, três jurados convidados pelo professor Alexandre, e que também vivem o universo do cinema, avaliaram as duas produções para premiá-las em cinco categorias: Melhor Filme, Direção, Direção de Arte, Roteiro e Fotografia.  
 
  As duas obras apresentadas tiveram características um pouco diferentes. O grupo dos alunos Aline, Camila, Julia Gabrielle, Mirella e Gustavo, da 2ª Série P e Alexandre, Felipe e Rafael, da 1ª Série P, optou por uma produção que alertava para os problemas de pessoas que passam por casos de depressão. Com o nome 141, que faz referência ao número do CVV (Centro de Valorização da Vida), a produção é carregada de informações importantes sobre o tema abordado. “Eles fizeram um trabalho excelente. Fazer cinema é escrever com a câmera. E foi isso que eles fizeram. O cineasta mostra o que ele quer e faz o público refletir”, completa o professor Alexandre.
 
Já o grupo dos alunos Júlia, Luiza e Gabriel seguiu pelo caminho do documentário cinematográfico e contaram um pouco da história da Associação Coral da Cidade de São Paulo. Com o título Como Todo o Tesouro Escondido, o documentário traz entrevistas com os diretores e integrantes do coral e mostra como o trabalho ali realizado impacta na vida de quem faz parte da entidade. “Foi outro grande desafio. E eles conseguiram fazer algo surpreendente. A qualidade de edição e do roteiro é impressionante. Há muitos profissionais que não alcançam resultados como o que vimos no filme apresentado”, afirma Alexandre.  
 
  Premiação – A premiação é uma forma de prestigiar os alunos que participaram do projeto. Mas, como reforçou o professor Alexandre antes do início da entrega das estatuetas, os dois filmes contaram com muita técnica e surpreenderam a todos os presentes no evento. “Quero reforçar que estamos muito orgulhosos pela perseverança dos alunos e a qualidade do que foi exibido. Ao longo do ano, os alunos têm que enfrentar desafios, entre estudos, provas e trabalhos. Chegar até o festival com uma produção de qualidade como as apresentadas já é uma grande vitória”, considerou Alexandre.

O documentário Como Todo o Tesouro do Mundo levou 4 prêmios: Direção de Arte, Roteiro, Direção e Melhor Filme. A produção 141 ficou com o prêmio na categoria Fotografia. O Liceu Pasteur também agradece o apoio dos pais e a dedicação dos alunos para a realização do projeto, além da contribuição dos jurados que gentilmente aceitaram o convite para participar desse evento.

Veja Galeria de Fotos do evento: clique aqui

Compartilhe: Voltar