Liceu Pasteur - Ensino Médio, Fundamental e Infantil

Notícias / Reportagens

Voltar
Reportagens - 03/06/2013

Feira de Ciências 2013

Feira de Ciências do Liceu Pasteur chama atenção pela criatividade dos alunos e pela capacidade de escolha de temas que estão contextualizados com a atual realidade do País e do Mundo

Você conhece a história dos perfumes? Você sabia que é possível abrir um coco com duas balas 7 Belo? Você sabe como foram feitas as primeiras fotografias? Ou ainda, sabe o que é ficção científica? Foi neste tom provocativo que a Feira de Ciências do Liceu Pasteur, deste ano, atraiu os visitantes para conhecerem detalhes e curiosidades de diversos temas elencados pelas turmas dos Ensinos Fundamental e Médio da Instituição. E quem passou por lá foi apresentado a um universo que vai muito além da Ciência, por mostrar a capacidade dos alunos em montar apresentações lúdicas, práticas e criativas.

  A primeira pitada diferente na receita da edição 2013 da Feira de Ciências foi a liberdade na escolha do tema pelos alunos. As professoras Maria Helena e Vera, que coordenam a atividade, ressaltaram que este foi um ponto muito favorável para aguçar a criatividade dos alunos e, mais do que isto, dar o combustível para que eles mergulhassem nas pesquisas dos assuntos que eles escolheram. “Outra peculiaridade que ficou muito evidente foi que, ao terem liberdade nos temas, os alunos fizeram uma contextualização com o momento atual que vivem e com as mudanças que acontecem na sociedade e no planeta”, explica Vera.

A contextualização citada pela professora estava por todos os lados. Trabalhos como o de Desastres Ambientais, da turma do 7º Ano Q, não poderia ter sido em momento mais oportuno para explicar como se forma um tornado, por exemplo. As alunas Amanda, Beatriz, Carolina, Letícia, Lorella e Manoela explicavam aos visitantes o que aconteceu no fatídico dia em que a cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos, foi assolada por um tornado. Fato acontecido na semana que antecedeu a Feira de Ciências e que gerou uma curiosidade ainda maior.

Outros temas muito importantes, e que vivem em destaque, são os cuidados com o Meio Ambiente. Muito didática e ilustrativa foi a exposição dos alunos Julio, Lucas, Vitor, Amanda, Daniela, Jéssica e Luisa sobre aterros. Com maquetes, que beiravam a perfeição, dos diferentes tipos de aterros que encontramos em atividade atualmente, foi possível entender o que acontece com o lixo ali depositado e as diferenças entre um Aterro Sanitário, um Aterro Controlado e o popular Lixão.

Tecnologia e criatividade – Ficou evidente para todos que visitaram a feira que os alunos não abriram mão da tecnologia para enriquecer a exposição dos seus trabalhos. Tablets e notebooks eram peças quase que obrigatórias para dar visual moderno aos trabalhos e incrementar a informação exposta no discurso de cada aluno. Mas o que as professoras Vera e Maria Helena não deixaram de frisar é que, ao longo do desenvolvimento dos trabalhos, a tecnologia foi um pequeno detalhe. “Os alunos saem um pouco deste mar tecnológico e colocam mais a mão na massa. Recorrem a livros e até mesmo a estudos em campo. Isto é fundamental para manter o aprendizado tradicional que enriquece o intelectual por meio de experiências práticas e leitura, sem apenas copiar o que se tem na Internet, por exemplo”, frisa Maria Helena.

E ver que os alunos colocaram a mão na massa não era algo muito difícil. De hora em hora, a turma do 8º Ano Q, representada pelos alunos Eduardo, Gustavo, Pedro, Rafael, Raphael e Rodrigo, fazia experimentos ao ar livre em uma das áreas de convivência do primeiro andar do colégio. Lá, eles mostravam como era possível abrir um coco com duas balas 7 Belos e também explicavam a reação química que acontecia quando se coloca uma bala tipo Mentos dentro de uma garrafa de Coca-Cola. Um tema sobre fenômenos químicos e físicos, que aparentemente poderia ser visto com olhos menos atrativos, tornou-se quase que um show a parte. Bastava olhar a reação de pais e curiosos ao ver que é mesmo possível tirar a água do coco com as saborosas, e aparentemente inofensivas, balas de framboesa.  
  A criatividade também esteve presente na forma que alguns alunos encontraram para chamar atenção para seus temas. As alunas da 2ª Série P Daniele, Isabella, Lais, Maria Beatriz, Victória e Vitória estavam vestidas a caráter para a apresentação do tema Ficção Científica. Não tinha quem não se rendesse às explicações do grupo ao ver o cuidado na fantasia de cada uma delas. O detalhe é que isto motiva os demais colegas a serem ainda mais criativos ano a ano. Então a expectativa já é grande para o que vem por aí em 2014.

Veja mais fotos na Galeria de Fotos

Assita ao vídeo do Evento

Assista ao vídeo da horta - Cortesia da Fabíola, mãe da Isabella.

Compartilhe: Voltar