Liceu Pasteur - Ensino Médio, Fundamental e Infantil

Notícias / Reportagens

Voltar
Reportagens - 08/04/2016

Encontro de Gerações e Profissões 2016

Encontro de Gerações e Profissões realizado no último dia 2 de abril evidenciou que as profissões sofrem cada vez mais mudanças com novas tecnologias, excesso de informação e fortalecimento da globalização.

Ao mesmo tempo em que os estudantes do Liceu Pasteur estão dedicados a se preparar para conseguir uma vaga nas principais universidades do País, é preciso que eles saibam exatamente o que pretendem de sua vida profissional e como suas profissões são impactadas com as novas tecnologias, excesso de informação e consolidação da globalização. E é por isso que o Liceu tornou tradicional em sua agenda anual de atividades extracurriculares o Encontro de Gerações e Profissões. No último dia 2 de abril, os alunos do 9º Ano do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio puderam tirar dúvidas com profissionais de Medicina, Direito, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia, Marketing e Publicidade e Hotelaria, Gastronomia e Nutrição.

Exemplos práticos de como essas mudanças realmente impactam no dia a dia dos profissionais foram dados por todos os palestrantes presentes no evento, que sempre são ex-alunos do Liceu Pasteur convidados a passar suas experiências aos estudantes.

Lais Domeneghetti e Gabriella Saad Nemer falaram sobre Marketing, uma das profissões mais impactadas pelas alterações nas relações pessoais, que ocorrem com o aumento significativo de canais de relacionamento e o volume enorme de informações geradas por empresas para atingir o público-alvo.

Lais inclusive deu o recado para os alunos presentes na palestra. “No Marketing atual, é preciso estar sempre ligado em mudanças que podem acontecer do dia para noite. Hoje o Marketing está bastante técnico, além de ser apenas um ofício criativo”, explica a profissional, que trabalha hoje na ELO7, empresa de vendas online de produtos criativos. “Temos que estar muito sintonizados com o que chamamos de Marketing Digital. Quem quer estar em dia com a profissão precisa se qualificar nesse sentido, para acompanhar essa evolução em mídias sociais e na exposição da marca na Internet”, acrescenta.

A profissional Denise Colaneri Palma foi mais um exemplo de como é preciso se adaptar durante sua carreira. Ela é formada em Letras – Tradução e Intérprete e foi reforço na palestra dos colegas que falaram sobre Direito. Isso mesmo! Ela agregou muita informação para os estudantes sobre a importância de estar atento ao idioma inglês dentro do âmbito jurídico. “Atualmente muitos advogados atuam com Direito Internacional e é preciso saber que o idioma apresenta variações em termos jurídicos. Uma mesma palavra pode significar algo totalmente diferente na hora de compor um texto processual em comparação com o uso em uma frase normal”, explica Denise Palma, que é professora de cursos de Inglês Jurídico.

Com todas essas possibilidades, o que se vê é mesmo o aumento das dúvidas dos alunos na definição do que seguir profissionalmente. Giovanna, Mariana, Fernando e Jéssica mostravam indecisão e dúvidas do que seguir até mesmo dentro de uma profissão específica. Fernando, por exemplo, sabe que quer seguir Engenharia, mas também sabe que há uma série de oportunidades dentro da profissão. “Estou analisando todas as possibilidades. Como estou na 1ª Série do Ensino Médio, pretendo ver quais são os mercados que serão mais atrativos para aplicar os conhecimentos da Engenharia quando eu for prestar o vestibular”, afirmou Fernando.

Jéssica e Giovanna estão ainda no dilema. As duas estão com um olho na Medicina e o outro na Engenharia. E, ao acompanharem as palestras dos profissionais da área médica, Sheila Duarte Pareira e Rafael Karan Vianna de Sá, tiveram informação extra que agradou muito e as fez prestarem mais atenção na Biomedicina. “É uma área muito interessante, pois é a partir da Biomedicina que tudo acontece, desde exames para determinar diagnósticos até aplicações em medicamentos ou vacinas”, acentuou Jéssica, que disse que as atividades desenvolvidas nos Laboratórios durante algumas aulas no Liceu Pasteur também a fazem ter mais carinho para essa vertente da Medicina.

Para a Orientadora Educacional Terezinha Regina Salgado Peralta, é muito raro um estudante que passa ileso ao questionamento de qual profissão seguir. “Em geral, ansiedade, angústia, e incertezas marcam este período pré-vestibular e, na visão de especialistas, nem sempre é prejudicial. Uma dose de ansiedade pode ser benéfica, uma vez que leva o aluno a se dedicar mais ao processo de escolha”, expõe Terezinha.

 

Participação Especial – Dentro das agendas de palestras, o Liceu Pasteur preparou uma apresentação especial com a farmacêutica e escritora Jacqueline Gaston Maricourt. Ela não foi convidada para falar de sua profissão, mas sim trazer um pouco do conteúdo do seu livro Cumpra seu Dever... Volte se Puder, que retrata as cartas de seu tio durante combates na I Guerra Mundial. Jacqueline esteve presente na companhia de seu marido Bernard Gastan, os dois ex-alunos do Liceu Pasteur nas décadas de 1950 e 1960.

 

Ela trouxe aos presentes um pouco do que está revelado em sua obra e o contexto da I Guerra Mundial. Ela conta que a inspiração para publicar o livro veio no exato momento em que encontrou cartas que o tio René enviava para o pai.

René tinha 20 anos quando foi convocado para a I Guerra Mundial e viveu todo o horror das trincheiras. Antes de partir para a guerra, o pai lhe falou “Cumpra seu Dever... Volte se Puder”, frase que inspira o título do livro.

O livro pode ser adquirido na Livraria Asabeça em sua loja virtual (www.asabeca.com.br). 

O conteúdo das cartas exposto na obra faz o leitor reviver as longas horas de batalha, permitindo compreender melhor o dia a dia de uma guerra, os sofrimentos e as esperanças dos soldados. René foi uma das vítimas dessa guerra e o livro é uma homenagem a ele e a todos os sacrificados em combate.

Clique aqui para ver a galeria de Fotos do evento


Compartilhe: Voltar